Amália Rodrigues – The Best of Fado

Amália Rodrigues – The Best of Fado

 16.95

Esgotado

REF: 8429965948493 Categorias: , ,

Partilhar:

CD DUPLO (2 CDs)
Amália da Piedade Rodrigues nasceu em Lisboa no dia 23 de Julho de 1920. Filha de uma família humilde, desde tenra idade viu-se obrigada a contribuir para a economia familiar, tendo trabalhado em vários empregos, além de ajudar sua mãe, que era vendedora ambulante de fruta, ainda que ao mesmo tempo despertava nela uma irresistível vocação artística que a levou a apresentar-se ao concurso “Rainha do Fado” em 1938. Amália teve que abandonar o concurso, em virtude da hostilidade das outras concorrentes, que não queriam competir corn uma humilde principiante, mas apenas um ano depois, em 1939, Amália Rebordão (seu primeiro nome artístico) começou a actuar em recitais de fado no célebre Retiro da Severa e tornou-se em poucos meses na mais aclamada das novas vozes do fado. Em 1940 Amália casou-se com o guitarrista Francisco da Cruz, e nesse mesmo ano iniciou a sua carreira teatral com a sua participação na revista Ora vai tu. Esta faceta da carreira de Amália incluiria aparições em espectáculos como Essa é que é essa (1942), Alerta está ‘(1943) e a opereta de Amadeu do Vale e Frederico Valério A Rosa Cantadeira (1944).
1943, foi o ano das suas primeiras actuações fora de Portugal, ao ser convidada por PedroTeotónio Pereira, Embaixador Português em Espanha e grande fã seu, a apresentar-se em Madrid. A jovem fadista, admiradora da canção espanhola desde que ficara fascinada em 1938 pela película Camem, la de Triana, protagonizada por Império Argentina, conheceu um êxito rotundo com suas soberbas interpretações de famosas coplas como “Ojos verdes” e “Los piconeros”. Estas seriam duas das dezasseis canções que Amália gravou na sua estreia discográfica em 1945 no Rio de Janeiro. Outra gravação das mesmas sessões que se inclui na presente selecção é “Passei por você”, com letra de Frederico de Brito e música de Alfredo Duarte “Marceneiro”.
Seis anos tinham decorrido sobre aquelas suas primeiras gravações quando Amália voltou a entrar pela segunda vez em estúdio, em 1951 em Lisboa, acompanhada umas vezes por uma orquestra sob a direcção do compositor Frederico Valério (“Que Deus me perdoe”, com música do próprio Valério e letra de Silva Tavares) e outras pelo duo formado por Jaime Santos na guitarra e Santos Moreira na viola: “Dá-me um beijo” (também de Valério e Tavares). “Fado Alfacinha”, “Fado da Adiça”. “Lá porque tens cinco pedras”, “O namorico da Rita”, “Quando os outros te batem, beijo-te eu”, “Sem razão”, “Tentação”, ou “Fria claridade”, a primeira das criações do poeta Pedro Homem de Mello (neste caso com música de José Marques do Amaral) que Amélia gravou ao longo da sua carreira.
Jaime Santos e Santos Moreira foram lambem os músicos acompanhantes de Amália nas gravações de Os Amantes do Tejo (1955), o EP com as canções que Amália interpretava no filme do mesmo título, uma produção anglo-francesa dirigida por Henri Verteuil e protagonizada por Trevor Howard. Amália tinha nela um papel secundário, mas a vertente mais importante do seu trabalho nela foram as suas interpretações de alguns dos seus mais célebres clássicos, como “Solidão” e “Barco negro”, os dois com novas letras que David Mourão-Ferreira escreveu para Amália. “Barco negro” foi o primeiro grande êxito mundial de Amália. o que lhe haveria de valer o lançamento definitivo da sua carreira internacional.

CD1

01. Marcha da Mouraria
02. Eu disse adeus à casinha
03. Tudo isto é fado
04. Sardinheiras
05. Não é desgraça ser pobre
06. Eu queria cantar-te um fado
07. Uma casa portuguesa
08. Por un amor
09. Grão de arroz
10. Antigamente
11. Interior triste
12. Tani
13. Barco negro
14. Lerele
15. Fado Hilário
16. Maria da cruz
17. Carmenencita
18. Fado Eugénia da Camara
19. Ai mouraria
20. Maldição

CD 2

01. Coimbra
02. Fallaste corazón
03. Marcha de Lisboa
04. Solidão
05. Trepa no coqueiro
06. No me tires “indiré”
07. Lisboa não sejas francesa
08. Fado da saudade
09. Doce cascabeles
10. Avé Maria Fadista
11. Troca de olhares
12. Ai Lisboa
13. Fado do ciúme
14. Perseguição
15. Sei finalmente
16. Saudades de ti
17. Confesso
18. A minha canção é saudade

Peso 120 g
Artista

Amália Rodrigues

Distribuição

Mundo da Musica

Ano

2007

Customer reviews
  • 0
    0 ratings
  • 5 Stars
    0%
    4 Stars
    0%
    3 Stars
    0%
    2 Stars
    0%
    1 Star
    0%
Reviews

There are no reviews yet.

Write a customer review

Be the first to review “Amália Rodrigues – The Best of Fado”

TOP

X