Paco Bandeira – A Côr da Amizade

Paco Bandeira – A Côr da Amizade

 19.21

Esgotado

REF: 3200675 Categoria:

Partilhar:

Francisco Veredas Bandeiras (Paco Bandeira), nasceu em Elvas a 02 de Maio de 1945. Começou a cantar e a compor no princípio da década de 60 em Badajoz (Espanha) onde chegou a ganhar prémios em festivais de música pop e até flamengo. São inúmeras as obras de sua autoria que vincaram o gosto do público português, compôs e cantou mais de 700 canções, d´entre essas destacam-se pela sua popularidade – “A minha cidade” vulgo “Oh Elvas”; “Lá longe onde o sol castiga mais”; “Um livro chamado Inês”; “A cigana e o pastor”; “O sol do mendigo”; “A chula da livração”; “A minha quinta sinfonia”; “A ternura dos quarenta” e “O cais do Sodré”, etc. Actuou em mais de 2500 espectáculos; participou em programas de televisão nos E. U. A., na Alemanha; Bélgica; Luxemburgo; Brasil; Austrália; França; Canadá; Turquia; Israel, Bulgária, Roménia; Espanha; Suiça, Venezuela e óbviamente Portugal (algumas dessas actuações foram transmitidas através das redes – Eurovisão, Oti e Intervisão). Já cantou em português para centenas de milhões de pessoas, já comemorou 30 anos de actividade profissional, é reconhecido em geral por um homem de cultura popular, pela sua coerência ideológica e pela dignidade com que assume as suas responsabilidades de artista. Fez canções com – Manuel da Fonseca, Antunes da Silva, Eduardo Olímpio, Sidónio Muralha, Ari dos Santos, Pedro Bandeira, Joaquim Pessoa, Rosa Lobato Faria, Nuno Gomes dos Santos. Musicou e compôs as músicas para as novelas -“Roseira Brava”, “Primeiro Amor”, “Vidas de Sal”, “Filhos do Vento”, “Os Lobos”, “Ajuste de Contas”, e ainda para as séries – “Conde D`abranhos” e “Febre do Ouro Negro”. Para a televisão criou os programas “cantares de amigo”, “fados de portugal”, e criou e apresentou também o “terreiro do paco”. Um dos seus últimos trabalhos discográficos, foi baseado nos descobrimentos dos portugueses (“pelo sonho é que fomos”) era uma obra conjunta com Manuel Freire, Lúcia Moniz, Carlos Mendes, Samuel, Manuel Freire, Fernando Tordo, Nuno Nazareth Fernandes. 2004 é o ano do regresso de Paco Bandeira e o ano da edição do seu novo trabalho. “A Côr da Amizade” apresenta um trabalho, que na sua essência mantêm o que Paco Bandeira sempre nos brindou: um trabalho simples e fiel ás origens, aliado, à qualidade indiscutível inerente aos trabalhos anteriores. “A Côr da Amizade” apresenta 12 temas que mais uma vez surpreendem pela lealdade e o compromisso de qualidade que Paco Bandeira apresenta, numa homenagem a todos os homens e mulheres que constroem as cidades, que transformam a terra em pão, que moldam o barro, o ferro e a madeira, enfim todos aqueles que cumprem o seu papel para a evolução do nosso país. Para todos eles Paco Bandeira, apresenta: “A Côr da Amizade”.

01. O Sadino
02. Aljustrel
03. E Prontos
04. A Côr da Amizade
05. Tu Aí
06. Amor a Quem Aparece
07. Lobos de Colarinho
08. Decimal
09. Até ao Meu Regresso
10. Sei e Não Sei
11. Oração Lunar
12. Surrealista

Peso 120 g
Ano

2006

Artista

Paco Bandeira

Customer reviews
  • 0
    0 ratings
  • 5 Stars
    0%
    4 Stars
    0%
    3 Stars
    0%
    2 Stars
    0%
    1 Star
    0%
Reviews

There are no reviews yet.

Write a customer review

Be the first to review “Paco Bandeira – A Côr da Amizade”

TOP

X